Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Posted by on abr 15, 2016 in Sexta de ideias | 0 comments

Jantar no Vietnã

Jantar no Vietnã

É o título do e-mail que recebo como um “spam”…

Mesmo assim, fiquei curioso e abri.

Fotos bonitas de um frango caramelizado e o convite a um encontro, em um apartamento no centro velho da cidade, algo íntimo para até 10 pessoas, reservado a um grupo interessado na cultura oriental…

Nada disso sou eu, mas gostei. Fiquei curioso, motivado a ir…

Coração dizendo “sim!!!”.

Cabeça perturbada pensando… Como me acharam? Devo ir a um local desconhecido? Frango caramelizado se come com as mãos?

Ao final do convite, dúvidas na mesma proporção da vontade em estar no evento.

Muito se fala da importância em se conhecer o consumidor, antes de se desenvolver a comunicação.

O briefing como pré-requisito à pertinência, à relevância da mensagem. Tudo com muita razão.

Apoio e pratico tudo isso, mas é cada vez mais difícil, localizar, sondar, conhecer e conversar com esse tal consumidor.

Por isso, a estratégia do inusitado também pode surtir efeito.

Criar um clima de mistério, de ousadia que atinge mais a emoção que a razão. Tenho visto ações interessantes nesta linha.

Chamar a atenção, despertar o interesse é necessário mas não suficientes ao sucesso da campanha. Há um momento em que você precisa “provar o frango” e dizer, “sim” ou “não”…

Mas talvez esta seja uma segunda etapa. Por hora, vamos nos preocupar em conhecer melhor o Vietnã e descobrir um bom estacionamento próximo do tal apartamento…

Diretor de atendimento e planejamento da Fine Marketing, especialista em comunicação dirigida e varejo. Atua também como consultor em treinamento de equipes comerciais.

“Sexta de ideias” é o Informativo semanal da Fine Marketing.

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This